Apesar de bastante trabalho, apenas dois incidentes foram registrados pela Polícia Militar antes do Atletiba de ontem à tarde. Um dos casos aconteceu por volta das 15h, na Estrada da Ribeira, no Bairro Atuba em Colombo, quando Amauri de Oliveira, 23 anos, ficou ferido em um confronto entre mais de 100 integrantes das duas torcidas. Ele foi socorrido pelo Siate e encaminhado sem risco de morte ao Hospital Cajuru.

Logo em seguida, policiais militares do 12.º Batalhão foram chamados para atender uma briga de torcedores na esquina da Rua Alferes Poli com a Rua Buenos Aires, no Bairro Água Verde.

No local um jovem foi agredido e precisou ser atendido pelo Siate. O rapaz, que não teve o nome divulgado, foi levado ao Hospital do Trabalhador sem risco de morte.

Vários outros casos foram atendidos pelos policiais, mas nenhum de maior relevância. Depois do jogo a torcida atleticana saiu antes e foi acompanhada pela Polícia Militar até os pontos de ônibus e estacionamentos da região.

Quinze minutos depois a torcida alviverde deixou o estádio e o procedimento foi o mesmo. Até cerca de uma hora depois do final da partida nenhuma ocorrência relevante havia sido atendida pela Polícia Militar.

O Juizado criminal que atua dentro do estádio registrou 10 encaminhamentos. Seis por porte de substâncias tóxicas, duas por desacato a autoridade, um homem portando uma máquina de choque e outro por ter arremessado um copo dentro do campo.