Investigadores da delegacia de São José dos Pinhais prenderam, na tarde de ontem, Alício Lopes Alves, 27 anos. Ele confessou ter matado a tiros, em 16 de agosto, Jocélia Maria Machado, 30 anos, e José Glauco Gomes de Lima, 28.

Na fuzilaria, Edson Luiz Ribeiro, 35, e Jeferson Wilian Gomes, 25, ficaram feridos. Jeferson já saiu do hospital, mas Edson ainda continua no Hospital Cajuru em estado grave.

Alício contou que, no dia do crime, seu Gol foi roubado e ele foi procurar o veículo. Conforme seu relato, descobriu que os assaltantes, que não sabia exatamente quem eram, estavam ao redor de uma fogueira.

Bebida

“Estava bêbado e atirei em todo mundo, com uma pistola emprestada. Estava cansado de trabalhar para conseguir as coisas e eles roubarem de mim”, desabafou.

O delegado Osmar Antônio Dechiche indiciou Alício e o liberou. “Vamos pedir a prisão preventiva dele, mas como não foi preso em flagrante, deve permanecer em liberdade”, explicou.