A Delegacia de Homicídios não dispõe de muitas informações sobre a execução de três jovens, ocorrida no último sábado, nos bairros Cajuru e Uberaba. Vanderlei Cláudio dos Santos, 23 anos, e Paula Roberta Matozo Silva, 14, foram assassinadas às 14h30 quando transitavam com um Chevette pelas ruas do Cajuru. Um Kadett verde, com dois ocupantes, passou a seguir o carro ocupado pelo casal e a atirar. Foram disparados mais de 50 tiros de pistolas calibre 380 e nove milímetros. Ferido, Vanderlei não conseguiu dirigir o Chevette e o colidiu contra a grade de uma residência, na Rua Rivaldavia Fonseca de Macedo. Os matadores desceram do Kadett e finalizaram o serviço. Oito horas depois, o casal Leandro Gonçalves, 18, e Isabel Nascimento, 19, também foi perseguido pelo Kadett verde e baleado quando circulava com uma motocicleta Bizz, no Uberaba. Leandro – atingido pelos disparos – caiu morto ao lado da motocicleta. Izabel foi encaminhada ao Hospital Cajuru, medicada e liberada. Os dois jovens executados eram conhecidos, segundo informações colhidas pela polícia.

O único fato novo apurado e que pode ter relação com as mortes diz respeito ao pai de Paula Roberta, a menina assassinada. Paulo Benedito da Silva, 38, foi assassinado juntamente com sua amásia, Rosana do Nascimento, 29, no dia 9 de fevereiro, na Rua Heitor Palu, bairro Águas Claras, em Piraquara. O homem foi morto com um tiro na cabeça, próximo a um poste. A mulher, no meio da rua, com um disparo no queixo.