Foto: Alberto Melnechuky
Dois em uma moto atiraram contra grupo rival.

Por pouco, uma briga de gangues não acabou em tragédia na Vila Oficinas, na noite de quarta-feira. Logo depois das 21h, na esquina das ruas Luiz França e Florianópolis, um adolescente, de 17 anos, e uma garota, de 11, foram feridos a tiros. Os dois foram atendidos pelo Siate e encaminhados ao Hospital Cajuru, sem risco de morte.

Segundo populares e curiosos que se aglomeravam em volta das ambulâncias do Siate, dois homens, em uma moto Biz, chegaram na esquina e começaram a atirar, tentando acertar um grupo de rapazes que estava nas imediações. No corre-corre, a menina que ia para a casa de uma amiga foi ferida no ombro. Outra bala acertou o adolescente, no braço esquerdo. ?Eu vi uns rapazes correndo, e logo um deles foi ferido. A menina, que estava do outro lado da rua, levou a pior?, contou um homem, que não quis se identificar.

O morador Luiz Roberto Zaia, vizinho da família da garota ferida, disse que a região já foi mais perigosa, e que investidas da polícia contribuíram para a redução da bandidagem. No entanto, a criminalidade estaria voltando a ocupar as ruas da vila. Viaturas do 20.º Batalhão fizeram patrulhamento pela região, mas ninguém foi preso.