Baleado na noite de sábado, no Jardim Eugênia Maria, em Campina Grande do Sul, Gilson da Silva Balbetti, 27 anos, morreu na terça-feira, no Hospital Angelina Caron. Policiais da delegacia local apuraram que Gilson foi ferido por vários disparos, às 23h de sábado, quando estava sozinho em sua casa na Rua Dulcídio Fortunato Moradin.

O policial Douglas informou que Gilson era viciado em drogas e já esteve preso duas vezes na delegacia. Ele acredita que o crime possa estar relacionado com o tráfico de drogas, mas ainda não foi apurado nenhum nome de suspeitos.