Depois de passar cinco dias internado no Hospital do Trabalhador, Alex de Almeida, 25 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de ontem. Ele foi baleado quando chegava em casa, no Sítio Cercado, às 22h30 de terça-feira de Carnaval.

De acordo com o relato do padrasto da vítima ao investigador Joacir, da Delegacia de Homicídios, a vítima chegava em casa, quando três indivíduos, ocupando um veículo Monza de cor verde, se aproximaram. Dois homens desceram do carro e um deles efetuou dois disparos. Alex foi baleado e levado ao hospital. O padrasto não soube explicar o que teria motivado o crime, nem apontar os ocupantes do Monza. Alex morreu às 3h30 de ontem.