Abel Moura Magalhães, 21 anos, continua internado no Hospital Cajuru sob escolta policial. Ele foi baleado na noite de terça-feira, quando andava na Rua Jacinto Torres, Moradias Cajuru. Não se trata de vítima de bala perdida, conforme foi informado inicialmente. As investigações indicam que o que houve foi um acerto de contas, devido a briga de gangues da região. Segundo a Delegacia de Homicídios, o ferido já possui mandado de prisão expedido pela Justiça, pois é foragido da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara.

Abel recebeu um disparo na barriga às 21h30, provavelmente após ter saído de um bar. Um carro, identificado na ocasião como Escort, passou pela rua e os seus ocupantes realizaram os disparos. Após ser liberado do hospital, o rapaz deverá ser ouvido oficialmente e depois levado ao hospital penitenciário, até adquirir condições de ser reconduzido à prisão.