Traves Alves Oliveira Júnior, 21 anos, conhecido como "Travinho", morreu na manhã de ontem, no Hospital do Trabalhador, vítima de tiros. Ele foi ferido no peito, nas costas e no braço pelo proprietário de uma loja de R$1,99 quando, juntamente com outro homem, tentava arrombar a porta do estabelecimento. O comerciante foi preso em seguida, por porte ilegal de arma.

A tentativa de assalto à loja, entre as ruas José Hauer e Tenente Coronel Benjamin Lage, no Uberaba, ocorreu na segunda-feira da semana passada, por volta das 20h.

De acordo com informações da Polícia Militar, o comerciante, percebendo que a entrada da loja estava sendo forçada, antecipou-se e surpreendeu os assaltantes levantando a porta. Um dos bandidos teria agredido o comerciante com um soco no olho. Em seguida, segundo a PM, o comerciante teria sacado a arma e disparado contra "Travinho", que, mesmo ferido, conseguiu correr até o meio da rua onde caiu.

Nesse instante, passava pela rua uma viatura do Regimento da Polícia Montada (RPMont). Os policiais vendo o rapaz caído, param para verificar o que tinha acontecido. O comerciante foi preso em seguida, ainda com a arma na mão. "Travinho" foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, mas morreu na manhã de ontem. O outro assaltante conseguiu fugir sem ser identificado.

O proprietário da loja foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac), instalado no 8.º Distrito Policial (Portão), onde foi autuado por porte ilegal de arma e liberado no mesmo dia.