Denúncia anônima levou policiais da Força Verde – Batalhão de Polícia Ambiental – até 197 balões de festas juninas que eram vendidos numa loja de atacado de produtos R$ 1,99, situada na BR-116. O proprietário foi multado em R$ 197 mil e ainda pode ser condenado de um a três anos de detenção.

De acordo com o tenente Fávero, os balões apreendidos tinham armação e estavam prontos para ser soltos. O proprietário alegou que foi enganado pelo vendedor de uma empresa de São Paulo, que garantiu que o comércio de balões era autorizado pelo Ibama. Apesar da justificativa, ele foi autuado em flagrante pelo crime ambiental. ?A multa varia entre R$ 1 mil e R$ 10 mil por balão apreendido. O risco de um balão causar um incêndio, principalmente nesta época de estiagem, é muito grande e por isso a pena é severa?, explicou o policial, que conduziu o proprietário à Delegacia do Meio Ambiente.