Seis homens armados fizeram 11 pessoas reféns, no início da madrugada de ontem, durante assalto à sede administrativa da Associação Sul-Paranaense da Igreja Adventista do Sétimo Dia, inaugurada em dezembro, na Avenida Senador Salgado Filho, Uberaba.

Como o prédio chama atenção pela área que ocupa, os marginais pensaram que iriam encontrar um cofre cheio de dinheiro. Porém, não há entrada de dinheiro na sede e os bandidos fugiram levando computadores, pertences das vítimas e o carro de um funcionário.

A associação, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que os bandidos estavam encapuzados e ficaram por cerca de três horas no local. A ação foi filmada por câmeras instaladas no interior do prédio. As imagens foram entregues à Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), que investiga o caso.

Entrada

Os marginais chegaram ao local num veículo não identificado e pularam o muro na entrada lateral por volta de 00h30. O primeiro a ser abordado foi o vigilante terceirizado que fazia ronda nos fundos do prédio.

Como o vigia não tinha acesso às dependências internas, os marginais esperaram a saída de um funcionário, que foi obrigado a liberar a entrada da quadrilha. Durante a ação, integrantes do bando teriam retirado o capuz.

Os dez funcionários -que trabalhavam no local preparando material para um treinamento – e o vigia foram amarrados e trancados numa sala. Enquanto isso, os marginais permaneceram no térreo recolhendo objetos de valor em outras salas.

Depois de roubar computadores, celulares e pertences das vítimas, os marginais fugiram, por volta das 3h, no veículo Chrysler de um funcionário e não haviam sido capturados até o final da manhã e ontem. O carro da vítima não foi encontrado.