Em vez do temporal, o que interrompeu o futebol da garotada numa das esquinas da Vila Autódromo, Cajuru, ontem, foi uma “chuva de balas”. Os tiros foram dados de dois veículos e feriram três jovens.

Felipe Alves Camargo, 16 anos, morreu no local, atingido por seis disparos. Os outros dois foram socorridos por moradores locais a hospitais, na noite de ontem a polícia tentava identificá-los.

O crime ocorreu por volta das 18h30, na esquina das Ruas Rubens Thomé Speltz e Engenheiro Ney Mário Tourinho. Segundo apurou o tenente Maywitz, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, os jovens jogavam bola na esquina, quando indivíduos em um Astra bordô e em um Punto preto passaram por lá, intimidando a garotada com armas apontadas para fora dos carros. Em seguida, os veículos retornaram e os bandidos atiraram a esmo.

Placas

Segundo o relato de testemunhas à polícia, foram muitos disparos. Mais de 26 estojos de pistola calibre 9 milímetros foram recolhidos da rua. Apesar do corre-corre, alguns garotos conseguiram registrar as placas dos veículos. No entanto, em verificação no sistema da polícia, as identificações não conferem com as descrições dos automóveis.

O tenente Maywitz não soube dizer se os atiradores tinham um alvo. No entanto, supôs que pode ser um crime relacionado a drogas, pois um dos jovens feridos já teria sido abordado algumas vezes por equipes da PM, portando entorpecentes.