A polícia de Morretes descobriu que as cinco pessoas presas na semana passada, acusadas de roubar uma loja de materiais de construção naquele município, faziam parte de uma quadrilha que comandava o tráfico de drogas, além de praticar homicídios e roubos, na região do Bairro Alto, em Curitiba.

Segundo o superintendente Fabrício Adaltino, da DP local, o bando formado por Leandro Sanches Piedade, 29; Rogério Teixeira Lima, 19; Marcos de Jesus Rocha, 26; Vagner Márcio dos Santos, 27, e Janaína Borcatt Kautneck, 23, é ligado à facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC).

Ao ser preso na quinta-feira passada, Leandro forneceu nome falso. “Ele foi arrebatado anteriormente do Centro de Detenção Provisória de São José dos Pinhais. No flagrante da semana passada, ele se identificou como Leandro Conrado.”

Como havia grande possibilidade de novo arrebatamento na delegacia de Morretes, em razão da periculosidade da quadrilha, todos foram removidos ao Sistema Penitenciário.