Três mulheres ficaram feridas num acidente de trânsito provocado por um motorista embriagado, por volta das 8h de ontem, na BR-277, próximo ao viaduto do Orleans.

Elas seguiam pela pista sentido Ponta Grossa, no Uno placa AMS-3469, quando foram atingidas na traseira pelo Passat Alemão, placa BDL-0114, conduzido por Carlos Rudnick de Campos, 21 anos.

Com o impacto, o Uno bateu num barranco e capotou. O veículo ficou destruído, mas, por sorte, e graças ao uso dos cintos de segurança, a condutora Flaviane Gimeno Redo Machado, 24 anos, e as passageiras Sandra Cristina Barbosa, 25, e Maria Arlete Américo, 41, não sofreram ferimentos graves.

Carlos foi submetido ao teste do bafômetro, que constatou que ele estava embriagado, e foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Testemunhas relataram que Carlos conduzia o Passat em alta velocidade desde as proximidades do Parque Barigui e fazia manobras em zigue-zague.

“Ele passou por mim a pelo menos 150 quilômetros por hora”, afirmou um motorista, que não quis se identificar. Após a colisão, Carlos foi agredido por alguns populares e também precisou receber atendimento médico. Os bombeiros relataram que o homem estava visivelmente embriagado e o exame do bafômetro confirmou a suspeita.

Surgiram comentários que haveria droga no interior do Passat, mas a polícia afirmou que só foram encontradas latas de cerveja. As três vítimas do Uno foram encaminhadas ao Hospital Evangélico.