Uma blitz da Polícia Rodoviária Federal, realizada próximo do trevo do Atuba, na BR-476, prendeu na noite de terça-feira, dois bandidos acusados de um seqüestro-relâmpago, ocorrido no centro da cidade. Duas mulheres, vítimas da dupla, estavam dentro do veículo roubado, uma delas no banco de trás e a outra no porta-malas.

Por volta de 20h30, Cristiano de Oliveira, 19 anos, juntamente com um adolescente, abordaram as mulheres que saíam de uma fotocopiadora, nas proximidades da Reitoria. Quando uma delas disparou o alarme liberando as portas, eles entraram pelas portas de trás e, Cristiano, armado com um revólver calibre 38, rendeu-as.

Eles rodaram pela cidade, foram em uma agência da Caixa Econômica Federal, sacaram dinheiro e seguiram em direação à rodovia, já com uma das vítimas no porta-malas, possivelmente para deixá-las em algum lugar da Região Metropolitana.

Os policiais que participavam da blitz sinalizaram para que o veículo parasse, porém o motorista tentou fugir do bloqueio, fato que chamou a atenção. Eles sairam em perseguição à dupla. Interceptados, os policiais logo encontraram a arma, e resgataram as duas vítimas.