Uma confusão envolvendo adolescentes e que começou após uma troca de acusações na rede social, evoluiu para briga de rua nas imediações de um colégio em Cascavel e, por pouco, não acabou em tragédia. Tiros foram disparados contra um grupo de adolescentes na noite desta quarta-feira, 21 de maio, e um deles foi atingido nas costas. A vítima, um adolescente de 14 anos, permanece internado.

De acordo com o que foi apurado pelos investigadores da Delegacia de Homicídios, Carlos Eduardo Welker Pinheiro, 18, é o autor dos disparos e proprietário do revólver calibre 22 usado no crime. Outro acusado preso em flagrante é Kelvin Juliano Gaziero Cavalheiro, 22, que escondeu a arma. Um adolescente de 16 anos que foi o “pivô” de toda a confusão foi apreendido.

A delegada Mariana Vieira esclarece que apesar de apenas um adolescente ter sido atingido, o caso é tratado como tripla tentativa de homicídio. “Outras duas vítimas só não foram baleadas porque correram e se esconderam na hora dos disparos. Contudo, os tiros foram disparados em direção a elas”, explica a delegada.

No final da tarde desta quinta-feira os investigadores permaneciam com as buscas na tentativa de prender o quarto envolvido no crime. Ele é o motorista do carro usado na tripla tentativa de homicídio.