Depois de sair de casa sem permissão da avó para soltar pipa, o adolescente Vítor Souza da Rosa, de apenas 14 anos, acabou assassinado a tiros na tarde desta terça-feira (14). O homicídio foi no meio da Rua Tulipas, no bairro Guarituba, em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo apurado pela Tribuna do Paraná, o crime teria sido o desfecho de uma discussão entre garotos supostamente por causa de uma pipa.

De acordo com familiares, a vítima não tinha envolvimento com drogas, apesar de não frequentar muito a escola. No local, testemunhas contaram que ele derrubou a pipa de outro menino e depois disso a briga começou. A polícia acredita que, após o bate boca, algum parente da outra criança tenha voltado para tirar satisfação. E assim o adolescente foi executado com quatro tiros certeiros de revólver calibre 38.

Lutou pela vida

Ainda conforme relatos de moradores da região, Vítor tentou correr depois de levar o primeiro tiro, mas tropeçou, caiu e foi alcançado pelo atirador. No chão, ele recebeu mais três disparos.

O autor do crime fugiu e ainda não foi identificado nem localizado pela polícia. Já o corpo do adolescente foi recolhido pelo Instituto Médico-Legal de Curitiba (IML). O caso é investigado pela delegacia de Piraquara.

Foto: Colaboração leitor
Foto: Colaboração leitor