Vizinhos brigaram por menos de R$ 100,00 e protagonizaram um caso de homicídio, no Pinheirinho. Baleado na noite da última quinta-feira, na Rua G do Conjunto Ulysses Guimarães, o motorista de ônibus Aparecido Rodrigues Amaral, 48 anos, não resistiu e morreu domingo à noite. O acusado do crime ainda não foi localizado.

Na ocasião do assassinato, parentes da vítima contaram que semanas antes o motorista emprestara um cheque de R$ 97,00 para um vizinho chamado Geovani, que queria comprar um jogo de panelas. Os dias se passaram e nada de o devedor cobrir o valor do cheque. Aparecido injuriou-se e quatro dias antes do crime discutiu rispidamente com o vizinho e o agrediu.

A suposta vingança ocorreu às 22h do dia 27, em frente à casa da vítima. Geovani é o suspeito de ter atirado no motorista, atingido na barriga, no peito e no ombro. A vítima ainda foi socorrida pelo Siate, mas morreu no Hospital do Trabalhador.