João de Noronha

Uma operação feita pelo Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gerco), da Promotoria de Investigação Criminal (PIC), pegou de surpresa contraventores que insistiam em manter funcionando máquinas caça-níqueis. A ação, desencadeada na tarde de ontem em São José dos Pinhais, resultou na apreensão de 69 máquinas, que estavam escondidas em oitos casas lotéricas, no centro do município.De acordo com o tenente Barros, os policiais chegaram até os endereços a partir de denúncias enviadas à PIC. Em todos os estabelecimentos, as máquinas estavam escondidas em cômodos anexos ao locais onde estão instalados os caixas de atendimento ao público. Em uma das lotéricas, uma porta de acesso ao local onde funcionavam 12 máquinas, imitava uma parede. Além de apreender os equipamentos, os policiais detiveram 22 funcionários e proprietários dos comércios.