Sem portar qualquer documento capaz de identificá-lo, um homem foi retirado das águas da represa do Capivari, na manhã de ontem. De acordo com o policial Tchelo, da delegacia de Campina Grande do Sul, a vítima morreu afogada há alguns dias, uma vez que já apresentava sinais de decomposição no corpo.

Os soldados do Corpo de Bombeiros foram acionados por volta das 10h, para atender a ocorrência na barragem da represa do Capivari, situada próximo ao quilômetro 41 da BR 116. Porém, como o cadáver estava longe das margens, demorou algumas horas para ser retirado. O homem já estava sem cabelos e bastante inchado, o que impossibilitou que a polícia pudesse deduzir a idade aproximada da vítima.

"Acredito que ele tenha se afogado há alguns dias e que não estivesse acompanhado, pois o corpo só foi descoberto porque apareceu boiando na água", finalizou o policial.