José Aleixo, 49 anos, o “Biro-Biro”, e sua mulher, Maria de Lourdes da Silva Aleixo, 45, foram presos, suspeitos de matar o vizinho Moacir Laurindo de Oliveira. A vítima tinha 28 anos, quando foi assassinada a pauladas e facadas, em novembro de 2007, no final da Rua Martin Pescador, Vila Pantanal, Boqueirão.

“Não temos prova material, porque não foi encontrada a arma, mas temos provas testemunhais que foram eles”, contou o delegado Erineu Portes, titular do 7.º Distrito Policial (Vila Hauer).

Os dois estavam foragidos e respondem a uma ação penal em trâmite na 2.ª Vara do Tribunal do Júri. Segundo apurado pela polícia, José e Maria negaram o crime e disseram que os autores foram dois homens que foram assassinados.