Foi marcada para o dia 2 de março de 2010 a audiência judicial a respeito das agressões sofridas por um estudante do Colégio Estadual do Paraná, na sexta-feira da semana passada.

A violência foi praticada pelos diretores auxiliares da escola, Enzo Aparecido de Souza e Adriano Stachuk Hormam. As cenas das agressões foram gravadas por alunos e disponibilizadas no site de vídeos Youtube.

Os pais do estudante, de 15 anos, estiveram no Núcleo de Proteção à Criança e do Adolescente (Nucria), onde foram ouvidos pela delegada Marici Mortagua. O advogado Elias Mattar Assad, que representa a família do adolescente, declarou que “o caso será muito importante para diferenciar infração disciplinar com ato infracional do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)”. A audiência foi marcada para as 13h, no Juizado Especial Criminal de Curitiba.