Ao atender um chamado no portão de sua casa, na Rua Realeza, Vila União, em Pinhais, Luiz Donizete da Costa, 44 anos, foi surpreendido por quatro homens armados. Eles o mataram com cinco tiros à queima-roupa, por volta de 17h30 de terça-feira. A polícia relaciona o crime com o tráfico de drogas.

Familiares da vítima afirmaram que ele era usuário de entorpecentes e teria passagens pela polícia. ?Ele cumpriu pena por roubo em Pinhais, mas já estava em liberdade desde agosto?, disse uma de suas três filhas.