Os policias do 12.º Batalhão de Polícia Militar foram chamados na tarde de ontem, por volta das 16h30, por conta do assalto a uma cobradora da estação-tubo João Viana Seiler, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, Boqueirão. A polícia não informou o valor levado pelos bandidos.

Segundo relato da vítima, um rapaz que vestia blusa de moletom branca e calça preta chegou armado e pediu o dinheiro das passagens. De acordo com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ânibus de Curitiba (Sindimoc), pelas normas administrativas acordadas entre empresas e o sindicato, até 30 passagens os funcionários não são descontados em casos de assalto. Acima desse montante a orientação é repassar o valor das passagens que está na gaveta para o cofre. Se esse procedimento não é seguido, a responsabilidade passa a ser do cobrador.

Boletim

Cobradores em estação-tubo ficam vulneráveis à ação de assaltantes, mas nem todos os roubos são registrados. O Sindimoc reforça a necessidade de cobradores e motoristas vítimas de assalto registrarem a ocorrência e comunicar o sindicato a fim de que as autoridades possa reforçar a segurança nos locais mais vulneráveis.