Três colegas de serviço se viram em apuros quando dois motoqueiros passaram a perseguí-los, à 1h30 de ontem, em Curitiba. Os primeiros tiros puseram todos a correr, mas o pedreiro Moacir Guette, 41 anos, não conseguiu escapar e morreu na Rua Luiz Tramontin, Campo Comprido.

As vítimas passaram a noite em um bar próximo e caminhavam de volta à obra de um futuro conjunto residencial, onde pernoitavam. No final do trajeto, os dois autores apareceram em uma moto CG vermelha e abordaram os operários. Moacir, que segundo as testemunhas estava bastante embriagado, foi atingido durante a frustrada tentativa de fuga. Morador do Tatuquara, ele foi morto com um tiro na testa e outro no braço.

Descrição

Os ocupantes da moto -cujo piloto foi descrito como loiro e gordo – fugiram sem deixar pistas. As duas testemunhas devem ser chamadas para depor na Delegacia de Homicídios e esclarecer os motivos do crime.