O motorista da camioneta, Acir Pangracio,
morreu após choque com ambulância.
Ele voou pelo pára-brisa e caiu na
calçada. Um dos veículos passou com
o sinal fechado.

A ambulância da Ecco Salva, placa ALA-5681, e a camioneta Ranger, ALK-0303, colidiram no cruzamento da Avenida Silva Jardim com Rua Carneiro Lobo, Água Verde, às 19h de ontem, apesar da existência de um semáforo no local. O condutor da camioneta, Acir Eduardo Pangracio, 59 anos, foi jogado para fora do veículo e morreu na hora. Outras três pessoas ficaram feridas.

Conduzida por Iverson L. de Oliveira, 36, a ambulância trafegava sem pacientes, apenas com o médico Daniel Nascimento, 29, e o enfermeiro Gilmar Willi, 36. Ela ia pela Rua Carneiro Lobo em direção ao Batel e no cruzamento atingiu a lateral da Ranger, na pista da esquerda da Silva Jardim. Com o impacto, a camioneta foi arremessada contra o meio-fio e subiu na calçada.

Acir foi jogado para fora do veículo pelo pára-brisas e bateu a cabeça na calçada, morrendo na hora. No banco do passageiro, Mateus Pangracio Italiano, 10 anos, ficou ferido e foi encaminhado ao hospital, assim como o motorista da ambulância e o enfermeiro. O médico não necessitou atendimento.

O acidente foi atendido por policiais militares do Batalhão de Polícia de Trânsito, BPTran, que colheram informações com algumas testemunhas para tentar descobrir quem teria se precipitado, com o sinal vermelho.