Acidente grave na BR277, sentido Campo Largo, no bairro Orleans em Curitiba. A colisão entre um veículo Volvo com placas de Curitiba e um Uno de placa ANS-3469 também de Curitiba na manhã deste sábado (10) indignou moradores do local. O condutor do Volvo passou pelo KM97 da pista em alta velocidade e colidiu com o Uno que capotou diversas vezes e parou no canteiro central da via.

Veículo Uno (à esquerda) teve perda total após vários capotamentos

As vítimas do Uno, Sandra Cristina Barbosa de 25 anos, Maria Arlete Américo e Flaviane Gimeno Redo Machado de 24 anos sofreram ferimentos leves, receberam os primeiros socorros dos bombeiros e foram encaminhadas ao Hospital Evangélico. “Todas elas estavam de cinto de segurança, e foi o que as salvou pois depois de várias capotagens o Uno ficou destruído”, relatou o tenente Giovanni à reportagem da Rádio Banda B.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros o condutor do Volvo, Carlos Rudnick de Campos, 21 anos estava visivelmente embriagado. De acordo com o tenente Giovanni do Corpo de Bombeiros, o teste do bafômetro foi realizado em Campos, o limite permitido é de 0,10, nele a taxa de álcool foi de 0,73.

O tenente também informou que Carlos Campos não sofreu ferimentos na colisão, mas foi violentamente agredido por moradores do local, pois o condutor estava altamente embriagado, sendo assim, Campos também foi encaminhado ao Hospital Evangélico.