O comerciante Adauto Gomes da Costa, 74 anos, foi assassinado por reagir a um assalto no começo da noite de terça-feira, em Rio Branco do Sul. A filha dele, que tentou impedir o crime, também foi ferida, mas não corre risco de morte.

Segundo a polícia, Adauto e a família trabalhavam na mercearia, quando três homens chegaram ao estabelecimento em um Gol e deram voz de assalto. Eles queriam armas e dinheiro, mas o proprietário negou-se a colaborar e reagiu tentando acertar um dos marginais com uma barra de ferro.

O filho dele, que chegou no local na hora do crime tentou entrar na mercearia mas foi impedido pelos comparsas dos assaltantes, que davam cobertura, do lado de fora. Adauto e a filha foram feridos. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Rio Branco do Sul, mas já chegou sem vida. A filha não corre risco de morte.

Câmeras

Segundo informações da delegacia do município, várias pessoas foram ouvidas e os investigadores estão atrás de imagens, de sistemas de monitoramento que tenham flagrado o carro ou os bandidos deixando o local.