Fotos: Alberto Melnechuky
Éder (acima) foi o único identificado.

O assalto à lotérica Analu, na esquina das ruas Joinville e Barão do Cerro Azul, no centro de São José dos Pinhais, acabou em dois assaltantes mortos, às 18h de quarta-feira. Apenas Éder Luiz Coelho, 19 anos, foi identificado; seu comparsa estava sem nenhum documento que o identificasse, e até ontem, ninguém havia reclamado o corpo no Instituto Médico-Legal. A polícia investiga a participação de outros dois bandidos no assalto.

Um dos assaltantes, portando um revólver calibre 32, entrou na lotérica e anunciou o roubo. Do outro lado da rua, um policial, que estava de folga, cortava o cabelo em um salão. Vendo que a casa lotérica estava sendo assaltada, o policial ligou para o 17.º Batalhão da Polícia Militar e acionou uma viatura, que já estava nas proximidades.

Levando cerca de R$ 3.400,00 em dinheiro e cheques, o assaltante correu até a quadra seguinte, onde outro bandido o esperava dentro do Gol placa KDB-5395. Eles fugiram por aproximadamente quatro quadras, quando se depararam com a viatura da PM. ?Percebendo que eram perseguidos, o passageiro começou a atirar contra a equipe, que revidou, e o acertou. O motorista tomou a arma do comparsa baleado e efetuou outros disparos, até ser ferido também?, explicou o sargento Setti.