O ex-BBB Láercio de Moura não é o único a participante do realiy show a ter problemas com a justiça. De estelionato a agressão, outros brothers já tiveram de responder por crimes. Relembre alguns casos:

Kleber Bambam (BBB 1)

O vencedor da primeira edição do programa teve problemas com a polícia duas vezes. Ele já foi preso por dirigir seu BMW em zigue-zague, com uma uma garrafa de bebida na mão, em 2008. Um ano antes, em fevereiro de 2007, ele e o ex-BBB Alan Marcelo (BBB 3) foram presos em uma boate em Santa Catarina, depois de uma discussão que terminou em pancadaria.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Rodrigo Fraga Leonel (BBB 2)

Campeão da segunda edição, o ex-BBB Rodrigo Caubói foi preso em Barretos, no interior de São Paulo, por suspeita de estelionato e tentativa de homicídio.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Thyrso Mattos (BBB 2)

Foi detido por dirigir embriagado no interior de São Paulo.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Fernando Fernandes (BBB 2)

Foi preso em 2005, por desacato e injuria racial, depois de ter se envolvido em um acidente de trânsito.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Edilson Buba (BBB 4)

O paranaense Buba foi preso no aeroporto com maconha e ecstasy e chegou a ser acusado de tráfico de drogas. Ele morreu em novembro de 2006, vítima de um câncer.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Marcelo Dourado (BBB 4 e BBB 10)

Dourado participou de duas edições do programa e foi campeão do BBB 10. Ele foi preso em 2005 por consumir drogas em uma festa de música eletrônica junto com outras 27 pessoas no Rio de Janeiro.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Yuri Fernandes (BBB 12)

O brother foi preso em Maceió e levado para a Delegacia da Mulher depois de bater na namorada Ângela Souza, que era bailarina do Faustão na época.

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo