Bares da região receberam
cartazes com as normas.

A lei que proíbe a venda de bebidas alcóolicas para menores existe desde 1941, mas não vem sendo cumprida por muitos comerciantes. Para combater o problema, o Conselho de Segurança do Bairro Umbará e Região promoveu ontem, com apoio da Polícia Militar e Guarda Municipal, uma blitz de conscientização. A idéia é diminuir a violência envolvendo jovens e a bebida.

Os proprietários dos estabelecimentos visitados foram alertados sobre o artigo 81 da Lei 80.691-90, do Estatuto da Criança e do Adolescente, e assinaram documento confirmando ter conhecimento da lei que proíbe a venda para menores de armas, munições e explosivos, bebidas alcoólicas, produtos que possam causar dependência e fogos e artifício. O presidente do Conselho de Segurança, Zaidir Rebechi, explica que o contato com os comerciantes é importante para combater a violência. Ele conta que é comum os jovens, depois de ingerirem bebidas alcóolicas, cometerem uma série de delitos.

Foram visitados 50 estabelecimentos e, em todos eles, colados cartazes com o teor do Estatuto. Desde o início da campanha, há um mês, foram visitados mais de cem estabelecimentos dos bairros do Tatuquara, Campo de Santana, Caximba e Umbará. Essa foi a terceira operação desenvolvida conjuntamente por policias e integrantes do Conselho Comunitário de Segurança do Tatuquara e Região. Na primeira vez, em 21 de julho, foram 34 locais, e na segunda, no dia 31, outros 25 locais.