Duas mulheres, suspeitas de usar documentos falsos para fazer compras em estabelecimentos comerciais de São José dos Pinhais, foram presas no bairro Guatupê, na terça-feira, por policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). As duas, que tem 23 e 28 anos e não tiveram os nomes revelados a pedido do advogado, vão responder por uso de documento falso, estelionato e receptação. Elas são suspeitas de lesar o comércio em pelo menos R$ 4 mil.

A polícia recebeu informação de que uma quadrilha estaria aplicando golpe no município, realizando compras em estabelecimentos comerciais com documentos falsos. Em diligências na região do Guatupê, os investigadores localizaram o Uno supostamente usado pelas estelionatárias.

No momento da prisão, uma das suspeitas tentava aprovar um cadastro em seu nome utilizando uma carteira de trabalho e um holerite falsos para comprar uma cama, uma geladeira e um microondas. Enquanto isso, a comparsa ficava na direção no Uno, que estava irregular: a numeração do motor é de outro carro, furtado há aproximadamente dois meses.

O delegado Hamilton da Paz, titular do Cope, informou que o caso será repassado à Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC), a fim de que demais membros da quadrilha sejam presos.