Policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam André Lucas dos Santos, 20 anos e Johnny de Lara Oliveira Gomes, 20 anos, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de calibre restrito com a numeração suprimida.

Com a dupla os policiais apreenderam 99 micropontos de LSD e uma pistola calibre 9mm de uso exclusivo das forças armadas, da marca Cz. Os policiais chegaram ate a dupla após uma denúncia que na Rua Padre Bernardo Perick, no bairro São Lourenço, em Curitiba, uma pessoa conhecida por Johnny estava traficando.

Os policiais em diligências pelo local abordaram um suspeito e confirmaram a denúncia. Johnny estava de posse de 75 micropontos de LSD. Já Santos foi preso em sua residência no Centro Cívico e os policiais encontraram com ele mais 24 pontos de LSD e uma arma de calibre restrito, escondida debaixo de seu colchão.

“Esse tipo de droga causa diversos sintomas como sudorese, aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial, aumento da temperatura, náuseas, vômitos além de distúrbios psíquicos como alucinações auditivas e visuais, confusão, perda do controle emocional, euforia e dificuldade de concentração. Esse tipo de droga é mais utilizada pelos adolescentes e também possui outros nomes como “doce, ácido, gota, papel e microponto””, disse o delegado titular do Cope, Hamilton da Paz.

Foragido

Os policiais também recapturaram um foragido da Justiça do Distrito Federal com diversas passagens pelos crimes de roubo e homicídio naquele Estado. Alexandre Ribeiro de Lima, 28 anos, foi preso na região Central de Curitiba após uma abordagem de rotina dos policiais do Cope.

Lima também responde a processos em São Paulo pelos crimes de estelionato, roubo e furto qualificado e pelo Estado de Goiás pelo crime de roubo. “Esse elemento é considerado de alta periculosidade diante de sua ficha criminal e é mais um retirado das ruas”, disse Paz.