A mulher encontrada dentro do Rio Atuba, perto da esquina das tuas Buda e Antonio Teixeira, no Santa Cândida, no dia 9, com as mãos amarradas para trás, foi identificada no Instituto Médico-Legal. Trata-se de Joceli Mara Maltaca, 43 anos, conhecida como “Tia Nóia”.

Uma parente de Joceli esteve na Delegacia de Homicídios e contou que a mulher esteve internada várias vezes para tratamento do vício em drogas. Joceli fugiu em março de uma clínica em Colombo e desde então estava nas ruas. Pelo que sabe a família, a mulher movimentava drogas nos arredores do Largo da Ordem e da Praça 19 de Dezembro.

A polícia ainda não sabe quem matou Joceli com um tiro na nuca e a amarrou.