Uma mercearia usada como ?fachada? pelo tráfico de drogas foi estourada ontem por policiais da Delegacia de Campo Mourão. No local, foram apreendidas mais de 100 pedras de crack, diversos CD-players, furadeiras e maquitas roubadas e furtadas. Além de um rádio comunicador, duas pistolas, um revólver, uma espingarda e munição. O dono da mercearia, Dirceu Alves, 46 anos, foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de arma.

O superintendente Job de Freitas, da 16.ª Subdivisão da Polícia Civil, contou que, há vários dias, recebeu informação de que a mercearia, situada na Rua Nelson Bitencourt do Prado, 161, no bairro Lar Paraná, como ?fachada? para o tráfico. Ele disse que o delegado Aroldo Davison já havia determinado que os policiais fossem até o local para efetuar o flagrante, mas que as operações foram abortadas das outras vezes. ?Ele monitorava a polícia. Por isso, sempre que cercávamos a área, ele conseguia escapar. Desta vez, resolvemos não fazer nenhum tipo de comunicação pelo rádio?, contou Job. Ele disse que antes de invadirem o local, os policiais observaram que vários adolescentes entravam no local carregando pacotes, contendo CD-players e furadeiras, e saíam em seguida. ?Eles trocavam produtos roubados e furtados pela droga?, explicou. Job contou que, das armas apreendidas, duas estavam com a numeração lixada e a outra não tem registro.

O policial disse que as investigações continuam para identificar outros integrantes do grupo e os usuários que praticavam furtos e roubos na cidade, para sustentar o vício.