Policiais civis de Pato Branco prenderam Rafael Furtoso, 28 anos. Ele foi reconhecido como o autor de um roubo e estupro contra uma criança de apenas 11 anos. O crime ocorreu no dia 25 de julho, por volta das 17h, em um matagal nas proximidades da Avenida Tupi, bairro Morumbi, em Pato Branco.

Na posse de informações sobre as características do acusado, imagens de um circuito interno próximo ao local do crime e de outras informações complementares, os policiais localizaram o homem, que após ser abordado, foi encaminhado à delegacia para averiguações.

Acompanhada de um responsável, a criança foi até a delegacia e fez o reconhecimento do suspeito. Durante uma busca na residência de Rafael, foram apreendidas as vestes utilizadas no dia do crime, que coincidem com as descritas pela vítima e as registradas pela imagem do circuito de televisão.

Rafael Furtoso já havia sido preso no ano de 2008 e respondeu por outro crime de estupro, contra uma criança de oito anos. Diante dos fatos e dos fortes indícios que apontaram o acusado como o autor do crime, o delegado Rômulo Contin Ventrela representou pelo pedido de prisão preventiva, que foi deferido pelo Poder Judiciário. Ele permanece na carceragem da 5ª SDP de Pato Branco à disposição da Justiça.