Uma criança de dois anos foi baleada na madrugada deste sábado (5) junto com o pai no Capão Raso. O crime aconteceu por volta de 00h50, na Rua Francisco Habinoviski. Pai, mãe e o menino estavam na casa da avó, quando um homem encapuzado invadiu a residência e começou a atirar.

Depois de atirar contra o homem e atingir o menino, o homem fugiu. Ninguém soube passar informação sobre o atirador, muito menos saber como ele saiu da residência.

Na hora do crime, o menino de dois anos assistia TV com o pai e a mãe na cama. O homem, identificado como Joelsio Ackes, 33 anos, chegou a ser socorrido em estado grave para o Hospital Evangélico, mas morreu ao dar na madrugada. Ele levou três tiros. O menino foi socorrido ao Hospital do Trabalhador. Ele levou um tiro, está internado em estado grave e corre risco de morte.

O que se sabe até o momento é que Joelsio não tinha passagens pela polícia. Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) apuram o que pode ter motivado o crime, já que no momento que o tiroteio aconteceu mais pessoas estavam na casa e foram poupadas pelo assassino.