Como se fosse um adolescente, o aposentado Luiz Fernando Medeiros, 45 anos, aproveitou a ausência da mãe enferma para promover uma festa em casa, sexta-feira à noite. A reunião entre amigos teve desfecho violento: assassinado à base de pancadas na cabeça, o anfitrião teve o corpo encontrado às 16h30 de sábado, na edícula dos fundos da residência, localizada na Rua Deputado Antônio Lopes Júnior, Bacacheri.

Conforme informações no local do crime, Luiz constantemente recolhia amigos na casa em que vivia com a mãe, de 80 anos. Mas só o fazia quando a velhinha saía – semana passada, ela estava hospitalizada, recuperando-se de uma fratura no fêmur. Na sexta, várias pessoas estiveram por lá Ä o que chegou a gerar protestos da vizinhança, por causa do barulho. O dono da casa teria esbravejado contra a reclamação.

Já conhecendo os hábitos de Luiz, a irmã dele, Maria Salete, 47 anos, operadora de telemarketing, passou na casa sábado à tarde, antes de acomodar a mãe. Ela queria deixar tudo em ordem após a alta médica, mas acabou encontrando o aposentado sem vida no quartinho dos fundos onde ele dormia, com vários ferimentos na cabeça.

Ouvida pela polícia, a irmã não soube dizer quem estaria com Luiz durante a tal festa. É tarefa da Delegacia de Homicídios entrar em contato com a vizinhança para buscar novas informações.