Um incêndio tomou conta de uma das celas da carceragem da delegacia central de São José dos Pinhais, às 18h de ontem. A polícia não sabe se foram os presos quem iniciaram as chamas ou se houve algum problema elétrico, mas a primeira possibilidade é a mais forte. Equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) foram até a delegacia para auxiliar na remoção dos 86 detentos ao pátio, assim os bombeiros puderam entrar e controlar o incêndio. Ninguém ficou ferido e o fogo foi controlado perto das 18h30.

De acordo com o delegado Guilherme Rangel, o Instituto de Criminalística foi chamado para periciar a cela e descobrir o que deu início as chamas. “Além disso, pedidos aos bombeiros que avaliem a situação da carceragem. Caso eles definam que não há possibilidade de acomodar os presos novamente, precisaremos fazer transferências”, afirmou o delegado.Depois da avaliação, todos os presos foram transferidos. 50 foram enviados ao Centro de Triagem II, e os outros 36, metade foi para a Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP) I e o resto para a PEP II.

Fuga

Durante a madrugada de segunda-feira, 14 presos conseguiram fugir da delegacia após serrar grades do sistema de ventilação da galeria três. Depois de escalarem uma parede de três metros, os detentos tiveram acesso ao lado externo na DP. Nenhum deles foi recapturado.