Denúncia sobre tiros em uma chácara na área rural de Araucária, próximo à Contenda, levou à detenção de três homens e apreensão de cinco armas de fogo, que, segundo os suspeitos, eram usadas para a caça de animais silvestres. Segundo a Guarda Municipal, um deles, de 33 anos, ainda tentou esconder as armas na casa de um vizinho e se esconder um matagal, mas foi capturado.

Segundo a Guarda Municipal, quando a equipe chegou à chácara, na tarde de sábado, na comunidade rural do Camundá, flagrou o proprietário atirando com uma espingarda calibre 12. Para abordá-lo, os guardas precisaram dar a volta na propriedade, pois uma cerca impedia a aproximação. Quando o homem notou a presença da GM, correu e escondeu a arma que usava e outras duas espingardas na casa de um amigo.

Os guardas abordaram o vizinho, que entregou as três armas escondidas por Adriano, conforme a GM, e outras duas espingarda . O proprietário da chácara foi encontrado pela equipe, e confessou que as armas eram dele. No carro do suspeito, também foram apreendidas munições das espingardas e uma munição de fuzil calibre .7.62.

De acordo com a GM, um terceiro suspeito, que portava um rádio comunicador, também foi detido. Ele alegou que o equipamento era usado para a comunicação dos três durante a caça de animais silvestres. O trio foi levado à Delegacia de Araucária.