A Delegacia de Furtos e Roubos (DRF) e a de São José dos Pinhais desvendam a morte de Sérgio Aparecido Rezende, 34 anos, dono de uma empresa de bebidas. O crime acontece em 29 de maio na Cidade Industrial, durante uma tentativa de assalto.

Os ex-presidiários Reginaldo da Mata Dias, 21 anos, o “Gordinho”, e Peterson Tiago de Souza, 23 anos, foram presos há duas semanas por guardas municipais em São José dos Pinhais com duas armas roubadas de um policial militar. Os dois também são suspeitos de envolvimento numa chacina ocorrida no final do ano passado naquele município.


Segundo a polícia, através das fotografias publicadas no Paraná Online, testemunhas reconheceram os dois como sendo autores da tentativa de latrocínio contra o empresário. O responsável por atirar na vítima teria sido “Gordinho”.

Fotos

A dupla está presa na delegacia de São José dos Pinhais. Peterson já havia sido preso por assalto e Reginaldo, por tráfico. O delegado Paulo de Castro, da DFR, informou que concluiu, na quarta-feira, o inquérito do caso, que será remetido à Justiça.