O companheiro da avó de um menino de sete anos foi preso em Araucária nesse domingo (06) suspeito de abusar sexualmente da criança. A vítima está internada no hospital do município e, de acordo com o delegado Amadeu Trevisan, os médicos detectaram lesões que comprovam que houve introdução de dedo no ânus do menino.

A mãe estranhou quando encontrou uma toalha suja de fezes e foi perguntar à criança o que tinha acontecido. Ele contou que o homem, de 45 anos, tinha introduzido o dedo e feito com que o menino pegasse no pênis dele.

O suspeito estava passando o final de semana na casa da família, mas está preso na Colônia Penal Agroindustrial, em Piraquara. Segundo o delegado, ele tem várias prisões em flagrante por furto e um mandado de prisão expedido em 2011 por estupro.

O homem negou à polícia ter abusado do menino e disse que a história seria uma armação da mãe do menino, que estaria querendo “se livrar” dele. Ele foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. Se for condenado, pode pegar de 8 a 15 anos de prisão pelo crime.