Jurandir dos Santos Cardozo (foto), 36 anos, foi detido na manhã de ontem, em Agudos do Sul. Ele é suspeito de assassinar a companheira Roseli Aparecida de Brito Bonfim, 46, e a enteada, filha de Roseli, Vanessa de Fátima Bonfim, 18. O crime foi na noite de sexta-feira, na chácara onde trabalhavam como caseiros.

Na delegacia, ele alegou que matou mãe e filha porque apanhou delas. Jurandir afirmou que já tinha apanhado das duas mulheres outras vezes, mas que nesta última, ele perdeu a paciência e teve um surto psicótico.