Portos Casela
Oficina mecânica abrigava
carros roubados.

Um desmanche que funcionava em uma oficina mecânica, no mesmo terreno de uma bela casa, na Rua Francisco Dalibeira, 45, em Santa Felicidade, foi estourado por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, às 12h30 de ontem. O morador da residência e proprietário da oficina mecânica Denilson Vilmar Vale, 35 anos, foi preso e autuado em flagrante por receptação e adulteração de veículos, pelo delegado Naylor Robert de Lima. Revoltados com a situação, seus pais, já de idade avançada, jogaram pedras nos repórteres e fotógrafos, que foram ao local registrar a ocorrência. Próximo ao local, a polícia deteve Hamilton Valetin Basso, 40, que seria o comparsa de Denilson.

O superintendente Edson Costa, da DFRV, informou que os policiais estavam investigando o funcionamento do desmanche há algumas semanas. Ontem, eles resolveram "estourar". No local foram encontrados três Gol desmontados, além de um motor, caixas de câmbios e carcaças de diversos veículos. Todo o material foi apreendido e encaminhado para a Polícia Científica, que irá identificar quais veículos que tiveram as peças retiradas. "O Denilson foi autuado em flagrante. Depois encontramos o Hamilton na rua e ele disse que seria seu sócio. O Hamilton foi conduzido para a delegacia, mas como não estava em flagrante foi ouvido, indiciado em inquérito por receptação e adulteração de veículo e liberado", explicou Costa. Se for necessário o delegado irá solicitar à prisão preventiva dele. Denilson disse que a oficina estava funcionando há três meses, mas em nenhum momento admitiu que os veículos eram roubados ou furtados. "Ele não tem nota fiscal nem documentos que compravam a licitude dos carros", comentou Costa. Ele disse que as investigações continuam no sentido de apurar outras pessoas envolvidas com o desmanche e quais carros foram desmanchados no local.