O delegado Rodrigo Brown de Oliveira, titular da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), dá dicas importantes para evitar que o assalto se transforme em latrocínio. De acordo com ele, a vítima jamais deve tentar reagir.

“A responsabilidade de localizar e punir os acusados é da polícia. É importante que a pessoa acione as autoridades assim que os assaltantes deixem o local, para que possamos agir com rapidez”.

Ele ressalta que a atenção da vítima, mesmo no momento de desespero, é essencial para ajudar no trabalho da polícia. “A pessoa deve tentar perceber o maior número de características dos bandidos, como tatuagens, defeitos físicos e roupas, além dos veículos utilizados para fuga”.