“Japa” era viciado em
entorpecentes, segundo o pai.

Com um golpe no coração, Carlos Eduardo Araújo, 26 anos, conhecido por “Japa”, caiu morto, na madrugada de domingo, no meio da Rua Madre Teresa de Calcutá, Vila Pompéia, bairro Guatupê, em São José dos Pinhais. Segundo o investigador Eliseu, da delegacia do município, uma briga por dívidas decorrentes do tráfico de drogas teria sido o motivo do crime.

O assassinato aconteceu por volta das 2h40, quando alguns moradores disseram ter ouvido uma discussão na rua. Entretanto, todos afirmram que não viram o autor do crime. Quando os socorristas do Siate chegaram no local, constataram que Carlos tinha sido morto com uma única facada “Aqui ninguém viu e ninguém fala nada. A única informação que apuramos foi que vários rapazes que praticavam vandalismo teriam descido do ônibus que percorre a região, momentos antes do crime”, disse o soldado Valério do 17.º BPM.

Drogas

De acordo com o investigador Eliseu, a vítima morava na Rua Tupi, 16, Jardim Cruzeiro, em São José dos Pinhais, e já contava com passagem pela polícia por furto. A polícia acredita que Carlos possa ter sido levado até o local para ser morto e que o crime tenha sido motivado pelo tráfico de drogas. “Conversei com o pai do garoto e ele desabou,dizendo que já esperava que um dia isso fosse acontecer, já que o filho tinha envolvimento com entorpecentes”, contou. Cabe à delegacia do município apurar a autoria e os reais motivos do assassinato.