Dois homicídios foram registrados quase simultaneamente noite de quinta-feira em Curitiba. Rafael Lima de Andrade, 20 anos, foi assassinado a tiros no final da Rua Lamenha Lins, no Parolin. A outra vítima da violência foi Silvio da Silva Sá, 25, executado por motoqueiros na Vila Sandra II, Cidade Industrial de Curitiba. Os dois casos ocorreram entre 23h20 e 23h40.

Segundo informações da Delegacia de Homicídios, Rafael foi morto com dois tiros no peito. Populares ouviram disparos seguidos de um barulho de veículo “patinando”. No entanto, ninguém soube informar o modelo do carro onde estavam os suspeitos.

Parentes da vítima relataram aos investigadores que Rafael era usuário de crack e estaria devendo para traficantes. A polícia ainda apurou que a vítima morava com a mãe em Colombo, mas sempre era visto no Parolin, onde mora o pai dele.

Tocaia

Na Vila Sandra II, Silvio da Silva Sá conversava e bebia na companhia de amigos, na esquina das ruas Maria Celestina Monteiro dos Santos e Izolina Moletta Maurer, quando uma motocicleta se aproximou e os ocupantes dispararam pelo menos quatro vezes. Silvio não conseguiu se esquivar e foi baleado.

Ele ainda conseguiu correr por cerca de 50 metros e entrou no terreno de uma casa na Rua Izolina Moletta Maurer, onde tombou morto. A prima da vítima contou aos investigadores que Silvio morava com ela, mas há cerca de dez dias ele se mudou para um pensionato. Motivo e autoria dos disparos são desconhecidos.

Anderson Tozato
Silvio bebia com amigos e foi morto por motoqueiros.