Praticamente no mesmo horário, 18h45, duas pessoas morreram atropeladas, na sexta-feira. O pedreiro Gilberto Dutra, 38 anos, voltava para casa de bicicleta, pela BR-277, vindo do mercado. Ao atravessar a rodovia, no quilômetro 64, em São José dos Pinhais, ele foi colhido pelo Golf placa AIG-0220, e morreu na hora.

Anderson Chaiben, 22, conduzia o carro em sentido a Paranaguá, onde trabalha. Segundo relatou aos policiais rodoviários federais Tyrka e Prado, ele ia pela faixa da esquerda e não teve tempo de frear. O carro atropelou o homem e colidiu contra um barranco. Ele solicitou aos policiais que fosse feito exame de dosagem alcoólica e foi levado ao IML.

Centro

Também de bicicleta, Antônio de Souza Filho, 42 anos, morreu atropelado. Ele trafegava pela Avenida Cario L. dos Santos, Jardim Botânico, quando foi atingido pelo ônibus da empresa Catarinense placa MAS-1605, conduzido por Cláudio José Gonçalves, 47. O acidente ocorreu próximo à Rodoferroviária.

Conforme relato do motorista, Antônio não utilizava a ciclovia que acompanha a rodovia e ia pela avenida, quando, sem olhar, entrou na frente do ônibus.