A Delegacia de Homicídios (DH) atendeu dois casos de homicídio na noite de sexta-feira e madrugada da ontem em Curitiba. Nos dois casos, são poucas informações, mas entre todas as hipóteses levantadas, a polícia investiga também o envolvimento com o tráfico de drogas.

Por volta de 22h50, Sandro dos Santos Pereira, 27 anos, foi ferido com vários tiros e o seu amigo, Carlos Roberto de Barros, 39, o ?Loquinho?, foi ferido com um tiro na perna. Sandro morreu na hora e ?Loquinho? foi encaminhado ao Hospital Cajuru pelos socorristas do Siate sem risco de morte.

Segundo o investigador Dias da DH, a vítima estava na frente da casa da namorada, conversando com o amigo quando dois homens numa moto passaram pelo local e efetuaram os disparos. ?Nos próximos dias, os familiares do rapaz serão ouvidos, assim como o amigo que foi baleado. Eles são as testemunhas que podem ajudar a polícia desvendar esse crime?, contou.

O outro crime aconteceu por volta de 3h, na Rua Deputado Sinval Martins Araujo, na Vila Osternack, no Sítio Cercado.

Um rapaz identificado extra-oficialmente como João Adriano Campos, 29 anos, foi encontrado assassinado com um tiro na cabeça. ?Quando a identificação for confirmada por familiares, poderemos investigar como era a vida da vítima e descobrir o motivo da sua morte?, completou Dias.