Dois homens foram assassinados dentro de um carro, às 4h30 de ontem, na Rua Maximinio Baggio, na Vila Sandra, na Cidade Industrial. Eles foram mortos a tiros e, segundo testemunhas, o criminoso estava em uma moto.

Os moradores disseram para a polícia que Ronaldo Miranda, 30 anos, e Adriano de Oliveira, 34, estavam em Gol vermelho quando foram abordados. O motoqueiro parou ao lado do carro, atirou e fugiu.

Os familiares de Adriano disseram que ele era casado, trabalhava como caminhoneiro e só morreu porque estava junto com Ronaldo, que era ameaçado de morte. Ronaldo também era casado e trabalhava como servente de pedreiro. Ninguém disse o motivo pelo qual ele tinha sido ameaçado de morte. A Delegacia de Homicídios já trabalha no caso.