Dois usuários de drogas foram assassinados na região metropolitana de Curitiba entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta O primeiro crime aconteceu por volta das 21h em Piraquara, onde um rapaz identificado apenas como Cláudio, que teria aproximadamente 25 anos, foi executado a tiros supostamente por um traficante. Quatro horas depois, Sidnei Arroio de Menezes, 35, foi assassinado a tiros em Pinhais.

Claudio foi executado na esquina das ruas Araucária e Guarapuava, Jardim Araçatuba, bairro onde morava há pouco tempo. A vítima era conhecida como “Bill” e levou pelo menos dois tiros.

As informações obtidas no local junto a policiais militares do 17º Batalhão da PM dão conta de que a vítima era usuária de drogas e teria sido morta pelo traficante chamado Rudnei, que permanece foragido.

Logo após o ocorrido, os policiais receberam denúncias e chegaram até um casal suspeito de participação no homicídio. Os dois foram encaminhados à delegacia, onde foram ouvidos e, segundo a PM, liberados por não terem sido reconhecidos por testemunhas. A arma do crime também não foi localizada com o casal.

Pinhais

Em Pinhais, moradores da Rua Rio Paranapanema, bairro Weissópolis, se assustaram com os tiros e, ao saírem de suas casas, encontraram Sidnei caído no meio da rua.

De acordo com policiais militares que atenderam a ocorrência, a vítima foi surpreendida pelos assassinos quando voltava para casa pouco antes da 1h e levou dois tiros no peito.

Populares não quiseram comentar o caso com medo de sofrer represálias. A Polícia Civil, que investiga o caso, informou que a vítima seria usuária de drogas e não tinha passagem pela polícia.